Para quem pensa cometer um suicídio sem dor, alertamos que o suicida não o fará sem dor, muita dor.

domingo, 15 de setembro de 2013

A Organização Mundial da Saúde (OMS) fez do dia 10 de setembro o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio.

Da Federação Espírita Brasileira:

Vamos iniciar a semana com esta importante reflexão:
A Organização Mundial da Saúde (OMS) fez do dia 10 de setembro o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio.
Segundo a OMS:
- aproximadamente 1 milhão de pessoas morrem todo ano por suicídios;
- houve um crescimento de 60% nos últimos 45 anos;
- embora tradicionalmente o número de suicídios seja maior entre idosos, verifica-se o aumento da incidência de óbitos por esta causa entre os mais jovens.
Refletir sobre estes dados, é incentivar que possamos ter um olhar mais cuidadoso com o nosso próximo e, assim, nos temos a oportunidade de ser agentes de transformação do meio em que vivemos, olhando com carinho e compaixão aos nossos próximos.
Então, retiramos de “O Evangelho Segundo o Espiritismo” esta prece para o nosso “Pensamento e Prece” da semana, dedicado ao suicidas:
"Meu Deus, nós bem sabemos qual seja a sorte reservada aos que violam as vossas leis, abreviando seus dias voluntariamente; mas também sabemos que a vossa misericórdia é infinita. Dignai-vos de derramá-la na alma dele. Possam as nossas preces, unidas à vossa comiseração, mitigar os sofrimentos que o martirizam, por não ter tido a coragem de esperar o fim de suas provas!
Bons Espíritos, cuja missão é assistir os infelizes, tomai-o sob a vossa proteção; inspirai-lhe pesar pela sua falta, e que a vossa assistência lhe dê ânimo para sofrer com resignação as novas provas que terá de suportar para reparação da sua fraqueza. Afastai dele os maus Espíritos quê possam de novo levá-lo ao mal e prolongar-lhe as penas, fazendo-lhe perder o fruto de suas futuras expiações.
Irmão, cuja desgraça constitui o objeto desta prece, possa a nossa comiseração aliviar-vos nas amarguras e fazer que em vós renasça a esperança de um futuro melhor. Esse futuro está em vossas mãos. Confiai na bondade de Deus, cujo amparo está sempre aberto a todos os arrependidos, só se conservando fechado aos corações endurecidos."